Itália com criança – dicas

Gente, viajar com criança não é fácil! Requer bastante planejamento, ainda mais quando vamos para outro país e não sabemos muito o que esperar. Eu pesquisei bastante antes e tentei ao máximo ir preparada. Eu já conhecia a Itália também, mas não com crianças. Tudo muda, né? Hoje quero dividir com vocês algumas coisas que eu fiz e algumas itens que nos ajudaram com o Dylan nessa viagem (sobre o avião vou falar depois).

p1060648

Nós não ficamos em hotel dessa vez. Porque tinhamos a minha mãe e o Dylan que precisa de mais espaço, decidimos alugar um apartamento (depois de muita, muita pesquisa) pelo Airbnb. Procuramos apartamentos que tinham ótimas reviews e ficavam em localizações centrais e perto de tudo. Isso facilitou MUITO a nossa vida. Nós alugamos apartamentos com dois quartos e, gente, foi ótimo! Os lugares eram muito muito bons! Se alguém estiver indo pra Veneza e Roma e quiser alugar um apartamento, eu posso passar o contato

Ter uma cozinha ajudou também. Nós fomos ao mercado e compramos iogurte, banana, ovo pra fazer omelete e coisas assim pro Dylan. Dava um café da manhã super reforçado pra ele e aí não precisava me estressar muito com almoço. De qualquer jeito, ele acabava comendo muito no almoço hahaha. Esse menino ama pão e ama spaghetti carbonara! E ah, ter uma maquina de lavar roupas foi ótimo tb!! Criança se suja tanto e Roma é tão, mas tão suja, haha!

img_8258
A maioria dos restaurantes lá não tem cadeirinha pra criança – esse foi o único – mas TODOS os restaurantes que fomos são super kid friendly. Italianos amam crianças e fazem tudo pra nos ajudar, principalmente nos restaurantes! 

p1060921

Nos dois apartamentos que alugamos tinha um berço pro Dylan (pack’n play). Eu decidi levar um lençol dele, dois bichinhos que ele dorme abraçado e um cobertor que ele gosta. Queria que ele se sentisse o mais “em casa” possível pra não me dar trabalho durante a noite. Foi ótimo! Ele já reconhecia o berço como dele, deitava e dormia a noite toda.

Como eu já mencionei no post anterior, levamos o carrinho City Mini! Na verdade, eu vi várias famílias com o mesmo carrinho por lá, haha. Se você quer passar o dia fora e quer um lugar bom pra sua criança dormir, precisa levar um carrinho que seja confortável. O City Mini, na minha opinião, é muito bom pra viajar! Muito melhor do que um umbrella.

p1060855

Algumas outras coisas que nos ajudaram muito:

  • Snack catcher (temos o da Munchkin)! Eu deixava isso pendurado no stroller do D o tempo todo. Levei vários puffs pra ele ir se distraindo e comendo. Como eu disse antes, nós andamos muito e não era toda hora que dava pra deixar o D andando por tudo. Eu colocava ele no carrinho e dava isso, haha. Salvou, gente!
  • Além disso, levei daqui vários snacks (granola bars, fruit snacks, puffs, rice crackers) pra ele! Eu sabia que lá não ia ser fácil de achar essas coisas e não queria ficar procurando também. Ele super saiu da rotina e eu não me importei, foi férias pra todo mundo e eu não queria me estressar. No final, deu tudo certo e ele ainda acabou comendo super bem todos os dias.
  • O copinho da Camelbak pra crianças. Eu não queria dar mais os sipcups de bebê pro Dylan e ele não toma nada na mamadeira. Uma semana antes da viagem eu dei esse copo pra ele e foi sucesso! Levei esse, pendurava no carrinho também e ele tomava água o tempo todo assim. Em Roma, em vários lugares pode-se tomar água da torneira e tem várias bicas de água pela cidade com água potável e geladinha!
  • Wipes. Nós usamos tantos lenços umedecidos, não só pra troca de fralda, mas pra limpar as mãos do Dylan que ficavam constantemente pretas de sujeira e limpar o rosto dele.
  • Trocador pra levar na bolsa – temos um da Skip Hop. Nos banheiros públicos ou de restaurantes de lá não tem trocadores (só vi em um lugar no Vaticano), então quando precisava trocar o Dylan a gente ia pra um cantinho e trocava ele de boa no chão ou no carrinho.
  • Levei alguns brinquedos pequenos que o Dylan gosta e livros. Levei o Ipad. Apesar do Dylan não usar Ipad aqui em casa, quando viajamos é outra história. Eu faço download de alguns desenhos (geralmente Daniel Tiger’s Neighborhood) e ele pode assistir mais do que o normal. Não levávamos nos passeios,  ficava no apartamento, mas quando voltávamos ele podia assistir. Os dias eram bem intensos e ele precisava de um down time quando estávamos de volta. Ajudou muito!

img_8313

img_8240p1060868p1060865p1060828p1060634

Valeu super a pena! O ritmo de viajar com uma criança é bem diferente e no momento que entendemos isso e respeitamos os limites deles, tudo fica mais fácil e gostoso. Já estamos planejando outras viagens. Esperam que tenham gostado. Xx

Anúncios

5 comentários sobre “Itália com criança – dicas

  1. Fizemos parecido por aqui tbm! Mas, ficar no carrinho foi um suplício! O mais difícil! Usamos montes de lenços tbm hahaha. E por que o choro baby D???? Amei o post 😘

  2. Pois é Fê, nós só fizemos viagens curtas com o B e posso dizer que apesar de aproveitarmos bastante, é bem cansativo. O negócio é pesquisar o que se ajusta melhor ao ritmo da família para não fugir muito do planejado!! Ótimas dicas! Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s